segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Reflexões moninas sobre o blog!



Aproveito o período monino em que muitos se deixam levar pela folia para retomar a atualização do blog. Sei que estou em falta com os leitores e fui cobrado a respeito disto. Na verdade, como iniciei a minha pretensa vida literária escrevendo poesias, acabei me acostumando a precisar de inspiração para criar textos.
Entretanto, um blog que se inicia com o desejo da pessoa de manifestar publicamente suas opiniões, de expor suas vivências e experiências e dividir com o mundo seja lá o que deseje compartilhar, acaba ganhando por assim dizer "vida" própria pela participação dos seus leitores que sempre esperam por novidades e atualizações constantes. O blogueiro acaba, mesmo que inconscientemente, assumindo um compromisso com aqueles que acessam o blog para leitura, visitantes, comentaristas, simpatizantes e também com os críticos e os totalmente antagônicos.

Refletindo em todas estas coisas decidi tomar algumas resoluções em relação ao blog Umbanda sem Mistério.

1) Os posts continuarão sendo organizados por temas, sempre presentes no menu ao lado.

2) Alterei a apresentação dos posts para o modo de 1 dia, ao contrário de ser publicado apenas o post mais atual.

3) Acrescentarei o tema "ACONTECENDO NA WEB" que conterá o desenvolvimento de artigos que terão como motivação os assuntos debatidos nas listas de discussão e salas virtuais, de grupos de estudos ao qual faço parte. Nesse tópico procurarei, com raríssimas exceções, não reproduzir os e-mails dos listeiros e os textos oriundos de terceiros., e sim, aproveitar o mote dos assuntos recorrentes e dos debates existentes para apresentar a minha reflexão e opinião sobre os mesmos. Entretanto, sempre citarei o local que originou a razão do meu texto logo abaixo do título.

4) Sempre resisti em transformar o blog Umbanda sem Mistério em um repositório de textos de terceiros. Vejo isto acontecer em muitos blogs. A filosofia do Umbanda sem Mistério foi de sempre apresentar textos originais com reflexões, opiniões e críticas da minha própria lavra, sejam eles certos ou errados, aceitos ou criticados. O blog surgiu para que eu pudesse, se possível, compartilhar as minhas idéias e vivências com os leitores que possam estar interessados e ao mesmo tempo exercitar o ato de escrever, e escrever sobre Umbanda para mim é gratificante. Entretanto, antes de ser um escritor, sou um leitor e um estudioso assíduo, curioso e ávido de conhecimento. Assim abrirei espaço para textos de outros autores pinçados da web, de livros etc., sempre com os devidos créditos autorais. Quando começar a postá-los vocês os encontrarão no menu sob o tema "AULA MAGNA". O motivo deste título é o meu respeito a todos que através de seus escritos e ensinamentos contribuem para o meu desenvolvimento pessoal e produzem conhecimento de qualidade estando ou não inseridos no contexto religioso umbandista.

5) Acrescentaremos também uma área para publicação de indicações e comentários sobre livros lidos por mim, ou que, com certeza, eu comprarei para ler, intitulado "BIBLIOTECA UMBANDA SEM MISTÉRIO".

6) O Umbanda sem Mistério continuará sendo um blog com os comentários moderados. O motivo do por que o mantenho desta forma já expliquei em outro post.

7) Como último ponto, desejo ressaltar a vontade de atualizar de forma mais constante o blog. Passo também a escrever, comentar, criticar e opinar mais sobre o que acontece no mundo umbandista virtual ou não.

Lembramos que o blog Umbanda sem Mistério, não tem fins comerciais, nem existe a pretensão da minha parte em conquistar prosélitos, filhos-de-santo etc. Tão pouco acredito que venha se tornar um blog com milhões de acessos e um dos mais lidos na net. Como espero já ter deixado claro, não procuro audiência, mais importante para mim é que de alguma forma eu consiga contribuir com o movimento umbandista e a Umbanda que não me canso de repetir, na minha humilde visão, trata-se de uma gnose completa em si mesma, um religare válido com o Sagrado e um caminho inequívoco para o auto-conhecimento e a auto-transformação de todos nós.

Marcadores:

0 Comentários:

Postar um comentário

<< Home